Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
mariaisissales

Fórum Dos Leitores

Mary Selma Valdambrini


Concordo plenamente com o editorial Constituição amputada (6/3, A3). Investigar imediatamente o chefe da Nação só faz sentido mesmo se for para queimá-lo politicamente. Um disparate, eu diria. É uma estupidez jacobina. Claro que Michel Temer precisa ser investigado, no entanto estes Robespierres de opereta poderiam aguardar mais dez meses. A argumentação de que provas poderiam ser destruídas é uma total aberração.



Se houve documentos comprometedores, transações suspeitas, etc., as provas de imediato sumiram e não será durante estes meses restantes do mandato presidencial que poderão ser manipuladas. Não possuo estima pelo sr. Temer, entretanto respeito o presidente da República, que, na minha despretensiosa opinião, deveria poder trabalhar sem essa manobra, que em nada contribuirá pra continuação tranquila do governo. Reforma De Apartamento Deixa Espaços Funcionais E Modernos - Casa E Jardim , encerrada a blindagem.


O sr. 5 Raz›ões Para Utilizar Capachos Personalizados Em Teu Condomí’nio poderá até não ser padrão de lisura, entretanto tenta fazer o indispensável, a meu observar. Oposição tacanha (contra os interesses da Nação), temor de perder proveitos absurdos, egoísmo eleitoral, etc., nos remetem à concepção de republiqueta de bananas. Num mundo dinâmico, avançamos como lesmas, ficando atrás em setores cruciais, especialmente na educação, e a evolução não vem.


     
  • 7 Introdução no ocidente
  •  
  • Um charme, mini vasinhos com velas, ramos e frutos vermelhos criam esse arranjo de mesa
  •  
  • Bebidas de boteco
  •  
  • Fernando Lima
  •  
  • Google Home
  •  
  • Acessórios pra academia

O enfoque na divulgação da indispensável reforma previdenciária falhou ao não apontar que com ela se poderia investir bem mais em setores que nos envergonham. Não seria o claro? Em conclusão, é o nosso dinheiro que está em jogo. E é o nosso dinheiro que eles manipulam. Com a negativa de autorização de habeas corpus na 5.ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) - aliás, nova decisão unânime, 5 x 0, contra o ex-presidente -, o STF passou a ser a tábua de salvação de Lula. Seguramente, a defesa do mais honesto impetrará novo habeas corpus naquela Corte para impossibilitar a tua prisão tão logo sejam julgados os embargos de declaração, em tramitação no TRF-4, de Porto Feliz.


Até de imediato o ex perdeu todos os recursos que impetrou. A crer que o Brasil ainda seja um povo sério, a lógica seria esperar que o STF ratifique as decisões tomadas nas excessivo instâncias, tratando Lula como a pessoa comum que é, sem benefícios nem sequer pesos e medidas antirrepublicanos. Ideias De Decoração De Salas Simples E Baratas a hora de o STF mostrar a tua cara. Lula teve sempre a dedicação do sertanejo, tão aclamado por Euclides da Cunha em Os Sertões. Contudo após tantas condenações mais parece que ele confunde ser persistente com ser turrão. Seu desgaste pessoal se espalha pelo Nação, despertando nas pessoas não simpatia, no entanto um deplorável sentimento de comiseração e aturdimento ante mais uma derrota implacável.


Lula da Silva está cada vez mais perto da cadeia. Uma coisa é certa: permanecerá em cela comum, junto com outros detentos. Seus advogados prontamente são capazes de comparecer providenciando o atestado de antecedentes. Ele disse que, se fosse sentenciado, iria a pé para Curitiba. Lula acabou. É carta fora do baralho. Término da linha. Combater por direitos pertence ao jogo democrático.


Insistir em lorotas e ameaças, se julgando acima da lei, se passando por cidadão imaculado é irritante, patético e desgostoso. Lula é apenas um retrato amarelado na parede, lembrando Drummond. Plano B para o PT é outra conversa fiada. Não cola mais. Foi-se o tempo em que Lula elegia postes.


Hora de Lula fazer as malas para outra viagem. O caderno Metrópole do “Estadão” (3/3, A15) traz a seguinte manchete: “Água terá reajuste se houver queda brusca de consumo”. Olhando a notícia na página A17 o leitor vai tomar entendimento de que uma tal de “Arsesp” se arvora o “direito” de acrescentar o preço da água fornecida à população “quando houver redução expressiva da demanda”. A desfaçatez dos burocratas que atuam no serviço público não tem limites.


Ou melhor sendo assim que uma corporação pública, que detêm o monopólio no fornecimento de um bem primordial pra população (não facultativo), seus freguêses cativos, se descobre no correto de aumentar o valor deste bem a seu bel entusiasmo. E podem ter certeza Vinte e três Plantas Para Ter Dentro De Apartamento Com Muito Charme!  questionada a estatal vai argumentar que essa capacidade é ótimo, visto que está prevista nos estatutos. Isso é um escárnio! Como uma circunstância destas seria tratada em uma corporação privada?


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl